Silêncio-1_FotorCrise política, crise financeira, golpe, ataques terroristas, assassinatos, Odebrecht, zika vírus, escassez de recurso, de respeito, de afeto. Caos. Conflitos. Percebe o barulho? Está cada vez mais difícil equilibrar as coisas, há quem diga que se faltar fé, você despenca ladeira abaixo, a desesperança alimenta ainda mais a fragilidade da mente, mas tem sido cada vez mais complicado silenciar o coração e ouvir o barulho da paz. Dá vontade de olhar para o mundo e gritar mais alto do que tudo e todos: BANDEIRA BRANCA, EU PEÇO PAZ.

Até mesmo os mais calmos, parecem agitados. Noites agitadas, sonhos confusos, gente apressada, irritada, buzinas e mais buzinas, luzes vermelhas piscando, estado de alerta. É preciso estar atento, o prejuízo pode ser avassalador se internalizarmos o barulho exterior. Não podemos fechar os olhos, mas precisamos suavizar nosso olhar, precisamos nos tornar “surfistas” das ondas do bem e não o contrário. O mundo precisa de serenidade e em meio ao caos nós precisamos ser transmissores disso, mas como fazer isso?

É preciso silenciar. Soprar para longe todas as sujeiras que pairam no ar, afinal, “um pouco de luz, dissipa muita escuridão”. Seja você católico, evangélico, espírita, budista, testemunha de jeová, ateu ou qualquer outra coisa, a intenção tem que ser a mesma: suavizar nosso fardo.

Para isso:

  • Mantenha a postura da humildade, isso é essencial para conseguir ver o que é preciso ver, ouvir o que é preciso ouvir e aprender o que é preciso aprender;
  • Pratique a compaixão e a empatia, isso ajuda a equilibrar as energias do mundo;
  • Não deixe que a negatividade das notícias da TV e dos rádios se transforme em negatividade pessoal, saiba separar as coisas;
  • Separe pelo menos cinco minutos do seu dia para se concentrar em uma virtude, um acontecimento positivo, uma beleza natural, um ato de coragem, um gesto de gentileza. Procure aumentar esses minutos com o passar dos dias;
  • Em um momento de stress, respire fundo e exale compreensão. O esforço é enorme, mas você vai ver como isso gera um efeito cascata e influencia positivamente as pessoas que estão a sua volta.
  • Você é singular no mundo e possui habilidades que são só suas. Não esconda essas habilidades, compartilhe com o mundo.

No meio desse barulho todo, falar de amor, de paz, de bem é como chegar em casa depois de uma longa viagem e ter uma noite de sono tranquila no silêncio da nossa casa, do nosso coração!

“Todo mundo tem um pouco de medo da vida.”

Saudações a quem tem coragem!