Tags

, , ,

Seu Benedito, jardineiro, 45 anos, ensino médio incompleto, 5 filhos, 1 mulher, 1 pai doente em casa. Chega cansado do trabalho, a mulher diz: precisa ir no mercado.

Doutor Fernando, sócio-diretor de uma empresa, 45 anos, doutorado, 1 filho, 1 mulher. Chega cansado do trabalho, a mulher diz: precisa ir no mercado.

Seu Benedito, na bicicleta. Doutor Fernando, no Porsche, ambos seguem seu caminho até o mercado, durante o trajeto cada qual com suas reflexões. “Será que o cartão vai passar?”. “Vou ter que demitir não tem jeito”. “Se eu comprar carne, não dou conta de comprar o remédio do pai”. “Férias em Miami ou Lisboa”. “Será que a escola do piá é boa?”. “Fila de mercado, devia ter optado pelo delivery” e por aí vai.

Na entrada do mercado um alerta inquietante em letras garrafais: “NOS LUGARES EM QUE HOMENS, MULHERES E CRIANÇAS CARREGAM O FARDO DA FOME, UM DISCURSO SOBRE DEMOCRACIA E LIBERDADE QUE NÃO RECONHEÇA ESSES ASPECTOS MATERIAIS PODE SOAR FALSO E MINAR OS VALORES QUE PROCURAMOS PROMOVER”.

Param na porta do mercado, respiram fundo, entram e estranham. Prateleiras vazias, vazias de mercadorias. Não tem carne, não tem pão, não tem ovo. Tem verso e prosa, poema e poesia, tem palavras e mais um aviso: “Sirva-se a vontade, o pagamento e a recompensa por aqui não têm cifrão”.

Circulam pelo mercado. Prateleira 1: CARÁTER. Prateleira 2: RESPEITO. Prateleira 3: ÉTICA. Prateleira 4: JUSTIÇA. Prateleira 5: SIMPLICIDADE. Prateleira 6: COMPROMETIMENTO. 7: AMOR AO TRABALHO. 8: HUMILDADE. 9: PRESENÇA SIGNIFICATIVA. 10: SOLIDARIEDADE. 11: TOLERÂNCIA. 12: FRATERNIDADE. 13: ESPERANÇA. 14: ESPÍRITO DE FAMÍLIA.  15: COMPAIXÃO. 16: PERSEVERANÇA. 17: AMIZADE. 18: DISPONIBILIDADE. 19: FRANQUEZA. 20: AMOR.

Se encontram no corredor da fé, na prateleira da SIMPLICIDADE:

Dr. Fernando: Acho que vou levar um pouco disso aqui, não deve fazer mal pro estômago, não é?

Seu Benedito: É, eu vou levar um pouco disso também, mas vou pegar um pouco mais desse aqui que diz esperança.

Dr. Fernando: é seu Benedito, tenho a impressão de que o mundo inteiro está precisando passar por esse mercado, o nome de tudo isso que está aí é VALORES, os valores pessoais consistem em metas desejáveis que atuam como princípios norteadores da vida de cada um, agindo, assim, como importantes preditores de atitudes e comportamentos.

Seu Benedito: Pois é Dr., e o mais engraçado é que tudo isso é de graça, não pesa na bolsa, ninguém consegue roubar, não faz mal, evita infarto, AVC, não causa briga, separação. É para rico, pobre, doutor, professor, pedreiro, jardineiro, homem, mulher, criança, para qualquer ser humano que respira e além de tudo isso, faz um bem danado para os relacionamentos e pra sociedade.

E você? Está bem servido desses valores? Tem visitado esse mercado com frequência? A maior riqueza que podemos construir não tem cifrão e pode ser alimentada com pequenas atitudes. Você está consciente disso? Está bem alimentado? Tem orgulho da sua bolsa de valores?

Tenho a impressão de que as melhores coisas da vida, não são coisas. Pense nisso!

valores

Autor: Juliana Zanona