Um combustser-professor-e-escreverível: admiração. Uma profissão a ser admirada: Professor e Professora. O título “Mestre” diz muito, aquele que é versado em uma arte ou ciência, tudo o de que se tira lição. Acha pouco? Eu diria mais: impulsionadores de sonhos, referências. Que nobre tarefa a de vocês meus caros, nós educandos somos privilegiados por tê-los em nossos caminhos.

Passam anos estudando aqueles que estudaram tanto que foram capazes de criar teorias, metodologias, referências, não são só professores, são pesquisadores. Se apoderam de tal conhecimento para que o processo de disseminação seja o mais fiel e completo possível, de pesquisadores passam a ser multiplicadores. Não satisfeitos em aprender e repassar, aproveitam o seu mais precioso bem: o tempo, para construir novos métodos, novas manobras educacionais, atuam também como criadores. Curiosos pesquisadores, nobres multiplicadores, incansáveis criadores e eu poderia estender infinitamente as qualidades de vocês.

Nos dão a base, nos instigam, incentivam, possuem uma capacidade ímpar de empoderar, empoderar no sentido literal mesmo de dar poder, de revestir, de capacitar. Nos trazem a consciência necessária para tomar decisões sensatas, a falar com exatidão, a ter habilidades e competências para transformar, transformar salas de aula, as organizações, a sociedade.

Quem dera eu poder garantir o reconhecimento e o prestígio de vocês para que jamais desistam. Que nós tenhamos a sensibilidade de reconhecê-los em seus mais diversos rostos e espaços, na figura de pai dentro de casa, na figura de gestor dentro da organização, de médica dentro do hospital, de professor dentro das salas e de exemplos na vida. O mundo com certeza seria um lugar diferente se todos abrissem espaço para aprender com vocês, afinal, como diz Mandela, “a educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo.”

Eterna gratidão a todos que por mim passaram e que de maneira muito sutil me fizeram DESPERTAR.

Fazer parte desse time hoje é um sonho, sonho esse em processo de construção.

Autor: Juliana Zanona